Válvulas de pé

VÁLVULA DE PÉ

12

anos de
experiência

Sobre nós

foi fundada em 1994, cujo antecessor foi Zhenhai Chemical Valve Factory e Beilun Plastic Valve Factory, que é a primeira empresa de válvulas plásticas industriais desenvolvida de forma independente na China continental. A primeira válvula de diafragma de plástico e a primeira válvula de esfera de plástico integrada no continente nasceram aqui, ... cobrimos a linha de produtos para tubos e acessórios de plástico industrial em 2006. Por mais de 20 anos desde o estabelecimento, os produtos Baodi cooperam com dezenas de milhares de empresas nacionais e exportadas para mais de 30 países. Nossos serviços profissionais e qualidade estável desfrutam de grande reputação de nossos clientes.
Dezenas de nossas válvulas de plástico incluem válvula de diafragma, válvula borboleta de plástico, válvula de esfera de plástico, válvula de retenção, válvula globo, medidor de nível de líquido, válvula operada eletricamente, válvula pneumática e assim por diante com material UPVC、CPVC、FRPP、PPH、PVDF
25000

M2
Área construída

Honra

  • honor
  • honor
  • honor
  • honor
  • honor
  • honor
  • honor
  • honor
  • honor
  • honor
  • honor
  • honor

CENTRO DE NOTÍCIAS

Nosso objetivo é atender às solicitações de todos os nossos clientes com boa qualidade e serviço. Bem-vindo a sua consulta e visitas!

  • Quais são os principais componentes da válvula borboleta automática

    A válvula borboleta automática, como parte importante na área de controle de fluidos, desempenha um papel decisivo. Sua alta eficiência e desempenho estável o tornam amplamente utilizado em vários sistemas de dutos industriais. Como núcleo da válvula borboleta automática, seu design e função dete...

    20May
  • Quais fatores estão relacionados ao desempenho de vedação da válvula borboleta automática

    Em sistemas de controle de fluidos, o desempenho de vedação das válvulas borboleta automáticas afeta diretamente a estabilidade e segurança do sistema de tubulação. Para garantir o funcionamento normal do sistema, precisamos prestar atenção aos seguintes aspectos. Em primeiro lugar, a superfíc...

    13May
  • Quais fatores afetam a resposta rápida da válvula de esfera automática

    Como um importante dispositivo de controle de fluidos, a válvula esférica automática desempenha um papel indispensável na produção industrial. Sua capacidade de resposta rápida é crucial para a precisão e eficiência do controle de fluidos. Sob as exigências do processo em rápida mudança, se a vál...

    06May
  • Quais fatores afetam o efeito de vedação da válvula de esfera automática

    A válvula de esfera automática é um importante equipamento de controle de fluidos e seu desempenho de vedação é crucial para a estabilidade e segurança do controle de fluidos. Primeiro, a seleção do material é um fator importante que afeta o efeito de vedação da válvula esférica automática. Di...

    29Apr
  • Quais fatores afetam a resistência à corrosão das válvulas plásticas

    Válvulas de plástico são populares em aplicações industriais e sua excelente resistência à corrosão é a principal razão de sua popularidade. No entanto, esta resistência à corrosão não é estática e é afetada por vários fatores. Em primeiro lugar, a seleção do material é um fator chave que afeta...

    22Apr
  • Quais são as vantagens das válvulas plásticas isolantes

    Na área industrial, a capacidade isolante das válvulas é um fator chave decisivo. O excelente desempenho de isolamento pode não apenas impedir efetivamente a passagem de corrente pelo sistema de fluidos e proteger a segurança dos equipamentos e operadores, mas também garantir a operação estável do ...

    15Apr

Expansão do conhecimento da indústria sobre esta categoria

Válvulas de pé , também conhecidas como válvulas de retenção de pé ou válvulas de sucção, são válvulas de retenção especializadas usadas em sistemas de bombeamento para manter a escorva e evitar a perda de fluido quando a bomba não está em operação. Eles são normalmente instalados na extremidade de um tubo de sucção ou mangueira submersa na fonte de fluido, como um poço ou tanque. As válvulas de pé são essenciais para garantir o funcionamento eficiente de bombas centrífugas ou a jato, principalmente em aplicações onde a bomba precisa elevar o fluido verticalmente.

Principais componentes e operação:

Corpo: O corpo de uma válvula de pé é o invólucro principal que contém os componentes internos. Normalmente é feito de materiais como ferro fundido, aço inoxidável ou PVC, dependendo da aplicação e do fluido manuseado. O corpo é projetado para suportar pressão e manter a integridade estrutural.
Filtro: A válvula de pé incorpora um filtro ou uma tela na parte inferior do corpo da válvula. O filtro ajuda a evitar a entrada de partículas grandes ou detritos na bomba, protegendo-a contra danos e mantendo a qualidade do fluido bombeado.
Mecanismo da válvula de retenção: O mecanismo da válvula de retenção dentro da válvula de pé permite o fluxo em uma direção e evita o refluxo. Normalmente consiste em uma aba articulada ou uma esfera que se abre quando a bomba está funcionando, permitindo que o fluido entre na linha de sucção da bomba. Quando a bomba é desligada, a aba ou esfera fecha sob seu peso ou com o auxílio de uma mola, evitando que o fluido retorne à fonte.
Conexão: As válvulas de pé são projetadas para serem conectadas à linha de sucção de uma bomba. Eles normalmente têm uma conexão roscada ou flangeada para fácil instalação e uma conexão segura ao tubo ou mangueira de sucção.

Vantagens e aplicações de válvulas de pé:

Manutenção da escorva: As válvulas de pé são cruciais para manter a escorva nos sistemas de bombeamento. Eles garantem que a bomba permaneça escorvada, evitando a perda de fluido da linha de sucção quando a bomba não estiver funcionando. Isto elimina a necessidade de reabastecer a bomba sempre que ela é iniciada, economizando tempo e esforço.
Proteção contra detritos: O filtro ou tela na válvula de pé evita que partículas grandes ou detritos entrem na bomba, reduzindo o risco de entupimento e danos ao impulsor da bomba e outros componentes. Isto é especialmente importante em aplicações onde a fonte de fluido pode conter sedimentos ou detritos.
Aplicações de elevação vertical: Válvulas de pé são comumente usados ​​em aplicações onde a bomba precisa elevar o fluido verticalmente, como de um poço ou fonte de água profunda. Ao evitar o refluxo, as válvulas de pé garantem que a bomba possa elevar efetivamente o fluido sem perder a escorva.
Agricultura e Irrigação: As válvulas de pé são amplamente utilizadas em sistemas agrícolas e de irrigação, onde ajudam a manter um fluxo contínuo de água para a bomba. Eles garantem que a bomba permaneça escorvada, evitando interrupções no abastecimento de água e melhorando a eficiência do sistema de bombeamento.
Aplicações Industriais e Comerciais: As válvulas de pé também são utilizadas em diversas aplicações industriais e comerciais, como sistemas de abastecimento de água, sistemas de proteção contra incêndio e estações de tratamento de águas residuais. Eles são particularmente úteis em situações onde a bomba precisa extrair fluido de uma elevação mais baixa ou de uma fonte distante.

O uso de uma válvula de pé em um sistema de bombeamento envolve as seguintes etapas:

Instalação adequada: Instale a válvula de pé na extremidade do tubo ou mangueira de sucção, garantindo que ela esteja submersa na fonte de fluido. A válvula de pé deve ser conectada firmemente à linha de sucção usando conexões roscadas ou flangeadas.
Colocação do filtro: Certifique-se de que o filtro ou tela na válvula de pé esteja posicionado na parte inferior, voltado para baixo. O filtro ajuda a evitar a entrada de detritos na bomba, por isso deve ser orientado corretamente.
Verifique a orientação da válvula: Verifique a orientação do mecanismo da válvula de retenção dentro da válvula de pé. A aba ou esfera deve ser posicionada de forma que possa abrir livremente quando a bomba estiver funcionando e fechar para evitar refluxo quando a bomba estiver desligada.
Preparando a bomba: Antes de ligar a bomba, certifique-se de que a linha de sucção e a válvula de pé estejam cheias com o fluido que está sendo bombeado. Este processo é conhecido como escorva e ajuda a criar um vácuo que permite à bomba extrair fluido de forma eficaz. Dependendo do tipo de bomba e da configuração do sistema, a escorva pode envolver o enchimento manual ou a utilização de um mecanismo de escorva.
Operação da bomba: Ligue a bomba e observe o fluxo do fluido. A válvula de pé permite que o fluido entre na linha de sucção e o mecanismo da válvula de retenção garante que o fluido flua em uma direção em direção à bomba. O válvula de pé ajuda a manter a escorva e evita o refluxo quando a bomba não está funcionando.
Manutenção e inspeção: Inspecione regularmente a válvula de pé em busca de sinais de danos, desgaste ou bloqueios no filtro. Limpe o filtro, se necessário, para manter o fluxo ideal e evitar entupimentos. Siga as diretrizes do fabricante para intervalos e procedimentos de manutenção.